domingo, 20 de junho de 2010

Thomas!

Na 2ª série do ensino fundamental, eu conheci um garoto. Um chinês que ajudava sua avó a vender pastéis no mercadão, que tirava notas boas e que era EXTREMAMENTE tímido.
Naquela época, ele era o fodão da sala. Não pegava ninguém, mas roubava o coração das menininhas. Inclusive, o meu.
Na 3ª série ele mudou para outra escola, o que me fez perder o foco nas aulas. O que eu faria sem ele ali?
Na 4ª série ele voltou! Ahhh!! Agora sim ele me notaria... ou não =/

O que me faz sentir MAIS RAIVA desse papo de 'perfil de beleza' é o meu passado... é relembrar o que eu já senti! Era péssimo não ser notada pelos meninos e ser zuada pelas meninas.
Não era uma vontade minha estar acima do peso, ter dentes grandes, uma franja lisa caída no rosto (que hj é considerada emo) e ser um pouco inteligente. A moda sempre foi e sempre será ser rebelde, notas baixas e se dando bem.

Gostei do Thomas até a 7ª série! Foi lá que eu descobri que ele também gostava de mim... e pronto! ESTRAGOU aquele amor platônico, infantilizado e romântico! 'Parei' de gostar dele a partir do dia que descobri que o sentimento era recíproco.

Hoje está cada vez mais difícil ser notada pelos atributos anteriormente percebidos pelo Thomas.
Hoje está cada vez mais difícil sentir aquele friozinho na barriga por alguém sem pensar nas dores de cabeça que ESSE ALGUÉM me trará no futuro.

--
O mais engraçado nessa história, é que eu me lembro das cores que ele mais gosta, do dia que faz aniversário, do que mais gosta de comer, do seu nome inteiro...
--

Aaaaaaai que saudade desse amorzinho infantil!

Beijão pra quem leu!

Um comentário:

Bruna disse...

cade o post sobre o raphael hein? ele vai fica com ciumes! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK