sexta-feira, 27 de maio de 2011

E porque não?

Porque você não me disse sorriso?
Eu poderia descrever o seu,
ou o meu quando te vejo.

Poderia ter dito música.
Aquela que você toca, canta
ou só põe pra gente ouvir.

Seria justo você dizer conversa,
que é o que a gente faz de melhor,
em um divã ou em uma calçada.

Também poderia falar abraço,
ou carinho, ou beijo,
ou entrega, ou ajuda.


Mas não.
Tudo o que você disse foi maçaneta.
E bastou você dizer isso pra me inspirar, seu merda!


---

Beijão pra quem leu!

2 comentários:

Carolina Cruz disse...

A maçaneta faz abrir a porta do que deseja ouvir! =D

Te amo.

enD disse...

Ou sentir, ou pensar.



Amo você!