segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Superproteção ou liberdade?

Há dias venho me perguntando qual o real motivo dos meus pais serem TÃO preocupados com meus irmãos e comigo. E dependendo do meu humor, respondo com 'superproteção' ou 'liberdade'.

Se eu saio para qualquer lugar e não aviso que cheguei bem, meus pais já ligam para saber se está tudo bem; evitam viajar para longe por muito tempo, pois temem que eu passe por algum tipo de apuro aqui tentando me virar sozinha.

Em contrapartida, me dão liberdade de escolha. Nunca impuseram alguma regra, sempre me deram nas mãos o certo e o errado, e me deixaram a livre opção de escolha.
Graças a Deus esse tipo de liberdade me tornou 'madura' para fazer algumas escolhas e me fez um tanto quanto experiente nesse assunto.

Não sei como agiria caso meus pais viajassem todo tempo e sem dar muitas notícias... Tenho uma certa carência de informações deles quando viajam.

Tenho conhecidos que ficam dias e mais dias sem os pais, que estão em outro estado, mantendo um contato mínimo com eles e, mesmo assim, mantêm o carão e não aparentam sentir saudades.

Esse post não tem a finalidade de avaliar o que é melhor! Foi só uma vontade minha de mostrar como a minha 'liberdade' é boa, e como ela pode ser seguida por vocês :)))


---
Se eu te vi esse final de semana e fui extremamente grossa, me perdoe!! Tô em uma época BRAAAAAABA de insônia!


---
Beijão pra quem leu!
(menos pra quem dormiu mais de 2 horas nesse final de semana)

Um comentário:

vainard disse...

eu dormi HUAHUAHUAAHU

é, essa historia de liberdade é tensa msm, mas é natural a preocupação né... afinal dando liberdade ou nao eles ainda sao seus pais...
rs