quarta-feira, 6 de julho de 2011

A certeza de que a solidão é o caminho.

Há um tempo atrás precisava escrever sobre o 'sozinho',
algo que não acontecia havia um tempo grande.
Eu procurava encontrar palavras, experiências,
qualquer coisa que me remetesse ao sozinho... mas nada!

Hoje eu acordei sozinha...
posso escrever pra você?



"Estar sozinho quando quer, é lindo!
Acordar ao meio dia, tomar banho ou não tomar,
não almoçar, não lavar a louça, não enxugar o banheiro,
chorar, sorrir ou cantar sem medo de ser pego em flagrante.

Mas, estar sozinho me faz pensar em você.

Acredita que essa noite eu sonhei com você
e quando acordei pra te contar,
você já não era mais você?
você nem estava mais lá.

Um sentimento triste, de solidão,
da não proteção do 'sozinho' apareceu.
Depois de tanto tempo sendo nós,
hoje virou eu e você, mais uma vez.

O 'sozinho' ainda não saiu de mim.
Hoje ele é pra mim uma solidão,
ou qualquer palavra que termine em ÃO.

Pode ser depressão, interrogação, matação,
um vulcão, enganação, palavrão, absorção,
rejeição, detenção... so-li-dÃO".


Viu porque as vezes não mostro meus textos?
Não são tão bons quanto os seus.


---


Beijão pra quem leu!

3 comentários:

Pedro Inácio disse...

Nossa!
Devia então mostrar. Porque ficou lindo e eu to segurando aki.

Gustavo Pavan disse...

PUTZ!! Mostre mesmo, o mundo, ou melhor, eu não posso ficar sem ver essa linda simplicidade que você é e consegue remeter em palavras. Gracinha

Little Wing... disse...

Lindo!!! Poxa, sempre fico c a sensação de estar dentro das palavras quando vc as escreve. Lindo mesmo!!! E difícil mesmo é ler... Sonzinha!! Bjs pra ti!