quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Aos que magoei.

Se é pra desbancar o meu orgulho,
que seja de uma vez hoje.
Peço perdão e, principalmente,
ajuda.

Minha armadura já foi deixada de canto,
meu sofrimento não pode mais ser em silêncio.
AMO ajudar quem posso, ouvir, abraçar,
quem pode fazer isso por mim?

Preciso descarregar essa loucura,
porque só pode ser isso que possuo aqui,
só uma coisa assim poderia dilacerar meu coração,
me afastar dos mais queridos, assim.

Queria que fossem entendidas as minhas frases,
os meus atos ainda mais.
Eu estou sofrendo por dentro há meses,
preciso de consideração, perdão e um abraço.

---

Não é só poesia.

Não é sofrimento físico,
nem ninguém fez nada pra mim.
Isso é só uma tristeza sem fim,
sem explicação,
que faz de mim uma solitária,
por opção.

---

Beijão pra quem leu!

5 comentários:

Steph disse...

End, estou aqui pra você. Pro que der e vier, pra desabafar ou chorar. Saiba que é só chamar que estarei lá pra te ajudar :)
Beijos!

Trajetória da vida disse...

Eu posso...e quem faz isso por mim? =)

Nah disse...

Eeend espero que vc não tenha esquecido da sua mãe postiça , que apesar de longe é capaz de fazer tudo pra te ver feliz. Te amo filhiinha MUITO !

Little Wing disse...

Poxa End q lindo!! Cc sempre parece fotografar os sentimentos com suas palavras... Estamos aqui!!!

unimportant disse...

Posse: um pó pirilin-pimpim. (Serve uma varinha de condão)
Hoje: Fantasies’ Day.
Viaje comigo...
Quero apresentar você ao mundo – um menos ignorante, que compreenda verdadeira e essencialmente cada verso seu.
Entender # Compreender
Mundo que de olhos brilhantes e um óculos 3D assiste o show da vida de camarote e ainda sim não enxerga... como pode?!
Hipnotizados...?! Produtos de um meio?! Qual o sentido de personalidade, então?
Abraçar-te, ouvir-te... ser seu diário. Não apenas quando pedir isso – você tem mais valor que pensa – mas sempre que olhar em seus olhos e perceber que é o que precisa... e mesmo quando insistir que não há nada. Sempre há...
Roubar seus arrependimentos e embausá-los com muito VANISH PODER O2. Pois se esses te causam dor, não mais.
Mostrar-te que és muito mais.
Muito...
Porque mundo não é real, não passa de um ponto de vista. Milhares deles...
Somos apenas frutos de uma perspectiva.
Nosso próprio espelho é infiel, veja...
Se você é o que acredita, e não o que os outros dizem a respeito, então acredite e seja! E viva seu próprio Fantasies’ Day, because mine is over now.
Ora, sou unimportant...