sábado, 13 de agosto de 2011

É incompreensível a forma como o corpo age de frente com a raiva.

2 comentários:

Lucielle Wiermann disse...

De frente é incompreensível, de dentro é às vezes, irreversível...

Little Wing disse...

"...E nada como a minha própria dor para tentar mudar ou melhorar aquilo que se não faz bem pra mim, também não fará bem pra mais ninguém..."
Bjs!!!