quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Era disso que eu precisava,
uma pitada do nosso passado,
um escuro azul no divã
e seu toque quente na minha pele fria.

Tudo o que eu quero te dizer
é que eu te amo,
e que te quero sempre assim,
bem perto de mim.

---

Beijão pra quem leu!

Um comentário:

Robert Garcia Toledo disse...

Beijão, pois também li!