segunda-feira, 1 de julho de 2013

Doença carente.

Tem coriza, sinusite, friagem, pé descalço, papel pra limpar meleca, espirro depois da tosse, tem febre, tremedeira e falta de sorte.
Acordei carente, doente, descontente. Precisava de um afago, um amasso de anti-corpos, um quilo de medicamento, dois litros de chá de alguma erva que tire as dores no corpo, e hospital que não cheire tristeza.
Tô chata, tô bobinha, tô impaciente. Quero um sofá pra passar o dia todo deitada, atestado pra não levar falta em aula dada e passe livre pra fotografar cada canto da cidade. Quero massagem, cartão de memória e terapia.

Um comentário:

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.